STF


STF absolve deputado Wladimir Costa por falta de provas



A 2ª turma do STF absolveu, por falta de provas, em sessão desta terça-feira, 12, o deputado paraense Wladimir Costa dos crimes de peculato e desvio de dinheiro público.

A ação foi proposta em 2010 pela PGR contra supostos desvios de recursos da Câmara dos Deputados. Segundo a denúncia, o deputado réu teria assessores que não prestavam serviços à Câmara dos Deputados e ficava com os seus salários. A acusação teria tido origem em reclamação trabalhista de um ex-assessor.

Os assessores não confirmaram o repasse ao político. Ao contrário, teriam afirmado que permaneceram com a integralidade dos salários. O ex-assessor que moveu a ação trabalhista que fundou a denúncia apresentada pelo MP se retratou no seu depoimento no processo criminal.

In dubio pro reo

O relator, ministro Fachin, apontou a insubsistência da acusação e votou por declarar a absolvição do deputado. Para ele, não há comprovação de que os assessores repassaram os valores ao deputado, ou elementos suficientes para a condenação dos réus no crime de peculato e desvio de dinheiro público.

De acordo com o relator, o MP também não conseguiu comprovar que os assessores não prestavam serviços à Câmara dos Deputados. Quanto ao correu, irmão do deputado, da mesma forma, para o relator, não há comprovação de seu conhecimento ou participação no suposto delito.

Revisor, Celso de Mello, endossou o que disse o relator. O ministro destacou que o MP não se desincumbiu de comprovar o alegado na denúncia. ?A insuficiência da prova penal existente nos autos não pode autorizar um juízo de certeza que autorize a condenação dos réus.?

?Ninguém pode ser condenado em nosso sistema penal por presunção.?

Toffoli, Gilmar Mendes e Lewandowski também acompanharam o relator. O réu foi absolvido por unanimidade.

Em seu voto, o ministro Gilmar fez severa crítica à postura do advogado trabalhista que instruiu o ex-assessor a fazer a grave denúncia para se beneficiar de um "estelionato judicial". "Tratou-se de indústria da ação."

 

 

 

Esta matéria foi colocada no ar originalmente em 12 de junho de 2018.
ISSN 1983-392X

Fonte: Migalhas - www.migalhas.com.br




São Paulo SP
Rua Pe. João Manuel 755, 8º andar
Cerqueira César CEP 01411-001
Tel: +55 11 3065-0006 Fax: +55 11 3065-0001


Rio de Janeiro RJ
Rua Visconde Pirajá 407 - sala 503,
Ipanema CEP 22410-003
Tel: +55 21 3596-4442 Fax: +55 21 3597-4442


Miami FL, USA
1401 Brickell Avenue, suite 500,
33131
Phone: +1 (305) 379-4400


2010 CPJAA Todos os direitos reservados.

www.watsons.com.br