Inquérito


Barroso prorroga investigações da PF no inquérito dos Portos



O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, autorizou o delegado Cleyber Malta Lopes a prosseguir com as diligências de investigação no inquérito dos Portos, que apura se o presidente Michel Temer recebeu propina em troca de beneficiar empresas do setor portuário com a edição de decreto, em maio de 2017.

No despacho, o ministro faz menção à "substanciosa petição", na qual a PF "descreve o desenvolvimento das investigações conduzidas até aqui ? com um volume expressivo de providências já tomadas e um conjunto relevante de informações obtidas".

A investigação foi prorrogada até que a PGR se manifeste. No despacho, Barroso garante que o delegado permanece no comando do inquérito policial, já que a redistribuição depende de ?despacho fundamentado, por motivo de interesse público ou nas hipóteses de inobservância dos procedimentos previstos em regulamento da corporação que prejudique a eficácia da investigação?.

 

 

 

Esta matéria foi colocada no ar originalmente em 29 de junho de 2018.
ISSN 1983-392X

Fonte: Migalhas - www.migalhas.com.br




São Paulo SP
Rua Pe. João Manuel 755, 8º andar
Cerqueira César CEP 01411-001
Tel: +55 11 3065-0006 Fax: +55 11 3065-0001


Rio de Janeiro RJ
Rua Visconde Pirajá 407 - sala 503,
Ipanema CEP 22410-003
Tel: +55 21 3596-4442 Fax: +55 21 3597-4442


Miami FL, USA
1401 Brickell Avenue, suite 500,
33131
Phone: +1 (305) 379-4400


2010 CPJAA Todos os direitos reservados.

www.watsons.com.br