Ministro do STJ desclassificou a conduta do homem para o delito de porte de drogas para consumo pessoal.