A repórter Julia Wiltgen conversou com o advogado tributarista Samir Choaib e respondeu às principais dúvidas dos leitores do Seu Dinheiro.

O Seu Dinheiro respondeu às dúvidas de leitores que participam do projeto do Guia Definitivo do Imposto de Renda. Entre elas, foi questionado como proceder com a dedução de honorário advocatícios.

Veja a seguir uma resposta sobre a dedução de honorários advocatícios no Imposto de Renda:

“Eu e um amigo demos entrada nas nossas aposentadorias com o auxílio de um advogado, e no ano passado elas foram pagas como Rendimentos Recebidos Acumuladamente. Meu amigo teve que entrar na Justiça para obter seu direito, mas eu não precisei. Ambos podemos deduzir os honorários advocatícios dos rendimentos recebidos, ou somente ele pode fazer isso?”

Apenas seu amigo. Honorários advocatícios só são dedutíveis do rendimento recebido quando foi necessário um processo judicial para conseguir receber esse rendimento. Logo, a contratação de um advogado apenas para assessorá-lo no processo de aposentadoria não pode ser abatido do valor que você recebeu.

Veja quais são as despesas dedutíveis no Imposto de Renda 2021.

Acompanhe a resposta para esta dúvida a partir do minuto 39:01 do vídeo da live sobre o imposto de renda 2020.

https://assets.seudinheiro.com/2021/imposto-de-renda/imposto-de-renda-quem-pode-deduzir-honorarios-advocaticios/

Author Choaib

More posts by Choaib