STF concluiu que a norma, além de facilitar a localização, garante o direito dos consumidores em obter informações sobre os produtos.